Menopausa

Chegue à esta fase crítica com saúde e leveza!

A menopausa é um diagnóstico dado após 1 ano da última menstruação e que acontece geralmente próximo aos 50 anos. Isso marca o fim da fase reprodutiva da vida da mulher. Esse período de transição entre o fim da fase reprodutiva até a pós-menopausa é chamado de climatério. Atualmente, estima-se que 18 milhões de brasileiras encontram-se nesse período.

Apesar da característica normal acima citada, algumas mulheres chegam à menopausa depois de 55 anos, ou antes mesmo dos 40 anos. Neste caso, na maioria das vezes, isso se dá ou por fatores genéticos ou por alta exposição à fatores agressores como quimioterapia. Em ambos os casos, é necessário procurar seu médico para entender se há a necessidade de reposição hormonal.

Climatério significa “fase crítica” e esse é um termo bem apropriado para descrever essa fase. Nesse momento acontecem várias transformações físicas e emocionais, consequência do desequilíbrio na produção dos hormônios. Entre os sintomas mais comuns estão as ondas de calor, insônia, palpitações, diminuição da libido e da capacidade de concentração, secura vaginal e mal-estar geral. Sendo a principal consequência desse período, a insuficiência na produção de estrogênio, um dos hormônios feminino mais importantes.

Uma curiosidade: cerca de 80% das mulheres sofrem com as ondas de calor causadas pelo climatério, chamadas fogachos.

Ao contrário do que se imagina, por mais remota que seja a possibilidade, a mulher pode engravidar de forma natural no período da peri-menopausa, que consiste nos 12 primeiros meses após a última menstruação. Depois desse período, a mulher pode gestar, caso se encontre em boa condição de saúde, porém os óvulos precisarão ser doados e ela será submetida a uma fertilização in vitro.

Sabemos que lidar com todas essas mudanças na menopausa não é um processo fácil, e além disso há um aumento de risco de outras doenças como: hipertensão arterial, diabetes, osteoporose e de alguns tipos de câncer, tais como câncer de mama, ovário e endométrio. Portanto, para que essa fase seja mais leve e menos sofrida, adotar um estilo de vida mais saudável, além de buscar ajuda de uma equipe multidisciplinar incluindo auxílio médico, nutricional e psicológica é muito interessante.

Gostou dessas informações? Então, continue aqui nos acompanhando, se inscreva em nossa newsletter e receba nossas novidades diretamente no seu e-mail. Além disso, compartilhamos conteúdos e informações super úteis nas nossas redes sociais. Você já nos segue por lá?

Acesse agora nosso Instagram e o nosso Facebook e curta nossas páginas.

Dra. Ana Cristina

Ginecologista, obstetra, ultrassonografista e uma das responsáveis pela clínica.

Compartilhar é se importar!

Compartilhe este conteúdo com quem você acredita que ele pode ser útil. 

Gostou desse conteúdo?

Aqui separamos um outro post que talvez seja interessante para você.

Quer receber diretamente no seu email? Cadastre-se abaixo na nossa newsletter!

Clinica Nattus

Rua Engenheiro Enaldo Cravo Peixoto, Nº 105 – Sl. 613 / Tijuca – Rio de Janeiro

Siga-nos nas Redes Sociais:

Desenvolvido por: GLUE DESIGN STUDIO