Gestações Gemelares – Possíveis complicações

Esperar mais de um bebê significa um maior risco de que surjam complicações durante o parto, tanto para a mãe como para os bebês. Por isso, as gestações múltiplas são consideradas pelos médicos como gravidez de risco, uma  vez que exige monitoramento extra, como medida de precaução.
 
Entre as complicações mais frequentes das gestações múltiplas estão:
 
– Anemia: sendo 2 vezes mais frequente do que em gestações simples. 
 
– Aborto espontâneo: em gestações múltiplas esse tipo de problema é mais frequente, podendo haver a perda de só um bebê e os demais continuarem se desenvolvendo normalmente, como também pode afetar toda a gestação. E assim como na gravidez simples, a maioria dos abortos acontecem até a 12ª semana.
 
– Defeitos congênitos: sendo 2 vezes mais frequentes do que em gestações simples.
 
– Hipertensão induzida pela gravidez: as mulheres com gestação múltipla são três vezes mais propensas a desenvolver hipertensão gestacional, o que aumenta os riscos de sofrer de pré-eclâmpsia e diabetes gestacional. Em geral, isso não representa danos para a saúde da mãe nem dos seus bebês, sempre que se tenha o tratamento adequado no tempo certo.
 
– Pré-eclâmpsia: na gestação de gêmeos, é uma complicação três vezes mais comum que na gravidez de um bebê só. Na gestação de trigêmeos, o risco é nove vezes maior.
 
– Parto prematuro: essa é sem dúvida a complicação mais frequente na gestação gemelar. E quanto maior o número de bebês, mais o chance de nascerem antes de 40 semanas.
 
– Desprendimento precoce da placenta: acontece quando a placenta se solta da parede do útero, uma condição que pode ser bastante séria e pode acontecer a qualquer momento a partir da segunda metade da gestação, fazendo que a mãe precise fazer repouso absoluto.
 
– Síndrome da Transfusão feto-fetal: é uma complicação rara, mas bastante grave, que ocorre no caso de gêmeos ou trigêmeos idênticos, que tenham a mesma placenta. Sendo que um dos bebês recebe sangue demais (receptor) e o outro (doador) menos.
 
Mas caso esse seja o seu caso, não se apavore! A boa e mais importante informação é que a maioria das gestantes de múltiplos acaba tendo bebês lindos e saudáveis. As complicações graves são relativamente raras. E a melhor forma de cuidar da sua gravidez é ir a todas as consultas do pré-natal e realizar todos os exames. Dessa forma, qualquer complicação que surgir será detectada cedo.
 
Gostou dessas informações? Que tal permanecer por aqui e ler um pouco mais sobre gestação? Temos outros posts bem interessantes sobre esse assunto aqui no nosso blog.

Continue aqui nos acompanhando, se inscreva em nossa newsletter e receba nossas novidades diretamente no seu e-mail. Além disso, compartilhamos conteúdos e informações super úteis nas nossas redes sociais. Você já nos segue por lá?

Acesse agora nosso Instagram e o nosso Facebook e curta nossas páginas.

Dra. Ana Cristina

Ginecologista, obstetra, ultrassonografista e uma das responsáveis pela clínica.

Compartilhar é se importar!

Compartilhe este conteúdo com quem você acredita que ele pode ser útil. 

Compartilhar é se importar!

Compartilhe este conteúdo com quem você acredita que ele pode ser útil. 

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Gostou desse conteúdo?

Aqui separamos um outro post que talvez seja interessante para você.

Quer receber diretamente no seu email? Cadastre-se abaixo na nossa newsletter!

Clinica Nattus

Rua Engenheiro Enaldo Cravo Peixoto, Nº 105 – Sl. 613 / Tijuca – Rio de Janeiro

Siga-nos nas Redes Sociais:

Desenvolvido por: GLUE DESIGN STUDIO